Cuidados no sexo lésbico

Vamos começar dizendo que sexo entre vulvas também é sexo. Talvez você tenha aprendido que sexo precisa de pênis e de penetração para ser considerado como tal, mas isso é coisa das antigas. E mesmo no título a gente usando o nome “sexo lésbico” aqui se enquadra todas as relações vulva-vulva, vulva-dedo, ou mesmo relações entre mulheres (independente se cis-cis ou cis-trans, tá?)

O sexo vulva-vulva é tão sexo quanto qualquer outra prática sexual e por isso precisa de cuidados. Mas como a nossa cultura ainda (infelizmente) é falocêntrica, ou seja, os cuidados e práticas giram em cima do pênis, não se fala muito sobre o sexo lésbico!

Quais são os principais cuidados no sexo lésbico?

É muito comum a gente pensar que quando o assunto é sexo o principal cuidado diz respeito às ISTs, mas outros fatores também merecem nossa atenção!

É verdade que o sexo entre pessoas que tem vulvas também transmite ISTs, mas veja que não é só na relação vulva-vulva que isso acontece. As ISTs são transmitidas por sexo oral, compartilhamento de brinquedos, dedos e trocas de fluidos em geral. 

Por isso, o ideal é se prevenir. Atualmente, algumas alternativas são possíveis, especialmente como método de barreira. Entre elas podemos encontrar camisinhas de dedo, luvas, camisinhas externas para usar nos sextoys, camisinhas externas abertas e também os dental-dams (que são aquelas barreiras de látex usadas principalmente em consultórios odontológicos!)

Antigamente, como método de barreira no sexo lésbico se utilizava papel-filme, daqueles utilizados em cozinhas. Porém, hoje, já sabemos que esse método não é eficaz! Isso porque existem micro-poros que tornam esse método ineficaz! 

Como não temos métodos específicos, fazer exames e manter as consultas ginecológicas sempre atualizadas são fundamentais. Além de ser um autocuidado é também cuidado com a parceria! Ah, e sexo durante a menstruação, não é legal, tá? A gente sabe que o tesão fica maior, mas com o sangue desse período a transmissão das ISTs é maior!

E para além das ISTs?

Para o sexo lésbico alguns cuidados são relevantes. Por exemplo, talvez seja conveniente avaliar o tamanho de suas unhas! Além de levar em conta o comprimento, a higiene também é fundamental, isso porque o tamanho pode machucar e a higiene é fundamental para não ser via de contaminação!

Lubrificante também é dica fundamental e não só no sexo entre vulvas, mas em todas as outras formas de relação. Isso porque é preciso levar em conta que o lubrificante ajuda a diminuir possíveis atritos e assim, diminui as chances de fissuras e machucados! Mas a base de água tá? Assim você evita danos aos brinquedos, ao látex e são Lubs seguros também! 

Vale lembrar que o sexo entre mulheres cis corresponde a relação vulva-vulva, mas nem sempre rola a prática da tesourinha. Porém, nesse texto também contemplamos as relações envolvendo mulheres bissexuais e homens trans. Se a relação for entre uma mulher trans e uma mulher cis, valem os cuidados de uma relação pênis-vulva. 

O importante é estar de olho nos cuidados! Para cuidar de você e da parceria. Se você ficar com alguma dúvida ou conhece alguma outra dica que não está aqui, escreve pra gente nos comentários, vamos adorar! 🥰

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.