Squirting… O que você sabe sobre ele?  

escrito "Squirting o que você sabe sobre ele" fundo vermelho com vulvas saindo líquidos

Vamos começar entendendo o que é esse fenômeno que todo mundo fala e cheio de questões! A palavra “squirt” vem do inglês e significa “esguicho” e portanto, “squirting” seria “esguichar”. Um ato que muitas pessoas assemelham com a ejaculação feita pelo pênis, mas será que é a mesma coisa?! Vem entender…

É um jato mesmo?

Essa é uma dúvida muito comum, então vamos direto ao ponto: Nem sempre. Os Squirtings ficaram famosos também através dos filmes pornográficos, com aquelas cenas que sai um líquido em jato da vagina no momento do orgasmo. Mas quando a gente fala de pornô, precisamos lembrar que ali é uma produção, um filme, né?! Então, nem sempre as coisas são retratadas como são na realidade!

O Squirt pode aparecer como um jato, um esguicho, mas ele é mais comum como um “excesso” de líquido que aparece embaixo de você (e que muitas vezes você só percebe depois que acaba a relação). E uma coisa muito comum que pode acontecer é ele ser confundido com xixi, embora não haja consenso, sabemos que ele não é só isso!

E se não é só xixi, o que é?!

A sexualidade feminina não foi alvo de muitos estudos anos atrás, mas recentemente tem ganhado mais espaço (imagine que o clitóris teve toda sua anatomia descrita apenas em 1998, por Hellen O’Connell), então o squirt ainda é motivo de muito estudo. Porém, existem alguns aspectos sobre ele.

E por ser motivo de estudo, ainda não existem muitas conclusões. O que causa algumas contradições, por exemplo, se é xixi ou não, ou por onde é expelido esse líquido, se pela vagina, uretra ou Glândulas de Skene. Um estudo de 2014 publicado em um dos maiores jornais de sexologia, concluiu que há certa quantidade de xixi e também de líquido prostático. São tantas contradições ainda, que podemos ouvir respostas diferentes para as mesmas perguntas…

Algumas pessoas se referem ao squirting como a ejaculação feminina, porém existem controvérsias sobre esse aspecto. Isso tudo porque a Urologia defende que a ejaculação é algo da anatomia do pênis. Essas contradições e conceitos que ainda não estão claramente definidos, se dá porque a sexualidade está cada vez mais na mira de cientistas para desvendar esse e outros aspectos ainda desconhecidos..

Como faço para conseguir ter um Squirting?

Geralmente quando as pessoas buscam sobre “como conseguir ter um squirting” é porque estão tentando isso ou querem conseguir. E muito por causa do mito de que com o Squirt o orgasmo é mais intenso! Mas como falamos, isso é um mito.

O Squirting depende de uma série de fatores, como nível de excitação e da tensão sexual, ou seja, é preciso manter a estimulação em alta. Ainda assim, não são todas as mulheres que conseguem, mas isso não deve ser motivo de frustração já que não influencia na intensidade do orgasmo – que como nós já sabemos, podem ser múltiplos! Mas algumas mulheres dizem que a sensação que antecede o squirting se assemelha a uma vontade intensa de fazer xixi…

Mas, se você está tentando chegar lá, alguns brinquedos sexuais, como vibradores podem ajudar com a estimulação. Autoconhecimento é uma ferramenta poderosa para você conhecer seu corpo e descobrir quais são seus estímulos e lugares favoritos para se estimular… E alguns especialistas sugerem o estímulo da parte interna da vagina atrás do clitóris, uma área conhecida (e muito procurada) como Ponto G.

E se você não tiver um Squirting?

Tá tudo bem! Afinal, como falamos, talvez nem todas as mulheres consigam chegar nele, mas ele não influencia no orgasmo! O que nós já sabemos é que a tensão e ansiedade podem influenciar negativamente, ou seja, esse momento que pode ser tão prazeroso acaba virando uma meta!

Tente ver pelo lado do autoconhecimento e das possibilidades de descobrir cada vez mais o seu corpo, sozinha ou acompanhada, descobrir a sua intimidade e todo seu potencial erótico. Afinal, todo nosso corpo tem potencial de prazer e você pode explorar além dos órgãos genitais!

Agora me conta se você já teve um squirting e qual foi a sensação? E continue acompanhando nosso blog! Toda segunda tem um texto novo por aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.